Antologia do Blog do HM

Seja muito bem-vindo ao Blog do HM

quarta-feira, 8 Março, 2017
Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá: As aves, que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá.
quarta-feira, 8 Março, 2017
Bailando no ar, gemia inquieto vaga-lume: -“Quem me dera que fosse aquela loura estrela, Que arde no eterno azul, como uma eterna vela!” Mas a estrela, fitando a lua, com ciúme:
quarta-feira, 8 Março, 2017
Um admirável escritor, Humberto de Campos, nessa pura obra-prima que é o primeiro volume das suas Memórias, traça em páginas de uma frescura, de uma inspiração e de uma verdade incomparáveis, os quadros de sua infância, vividos no Maranhão e no Piauí.
quinta-feira, 9 Fevereiro, 2017
A família é o núcleo ou gérmen da sociedade. Nela é que se formam todas as virtudes e se amolda o caráter, que é a feição d’alma.
quinta-feira, 9 Fevereiro, 2017
Lembrança, quanta lembrança Dos tempos que já lá vão! Minha vida de criança, Minha bolha-de-sabão!
quinta-feira, 9 Fevereiro, 2017
É quase sempre honestíssimo.
terça-feira, 24 Janeiro, 2017
“Deixa-me, fonte!” Dizia A flor, tonta de terror. E a fonte, sonora e fria, Cantava, levando a flor.
terça-feira, 24 Janeiro, 2017
Verdes mares bravios de minha terra natal, onde canta a jandaia nas frondes da carnaúba!
terça-feira, 24 Janeiro, 2017
Certa vez um caipira perguntou a um amigo como lhe seria possíel aprender a falar difícil, como a gente da cidade. Teve, como resposta, que procurasse entrar no meio onde estivessem conversando pessoas da cidade e tomasse nota das expressões que pudesse, e, em seguida, quando lhe perguntassem qualquer coisa, respondesse com elas, na ponta da língua.